António, 5 lições de vida por alguém a quem o medo não assiste

Segue-nos

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Pinterest

SONHADORES PRATICANTES

Questões? Parcerias?

soloadventuresofficial@gmail.com

António, 5 lições de vida por alguém a quem o medo não assiste

 

O Solo Adventurer António tem uma história de vida daquelas dos filmes e dos sonhos.

Pedi-lhe que reflectisse e partilhasse as suas 5 lições de vida, e digo-vos vai valer mesmo a pena ler isto.

 

-Sinopse de uma amizade-
 

António nasceu no mesmo dia, mês e ano que a Joana deste blog. Curiosamente ambos preencheram a mesma opção de curso na faculdade: Relações Internacionais. Ambos entraram na mesma turma da faculdade e sem saber ao certo inscreveram-se para Erasmus e foram para Istambul durante 11 meses, onde partilharam casa, viagens e paciência. Esta é a história do início de uma amizade que nasceu em 2009 e parecendo que não está quase a bater nos 10 anos. Não estamos velhos, estamos sábios.

 

 

-Sinopse sobre o António-

 

António de 26 anos carrega já muitos marcos, um deles a morte do seu avô depois de uma doença prolongada.
Mas este rapaz tem mais de vida do que de morte e arrisca-a com uma coragem inabalável.

 

Diz que a passagem universitária deixou marca e que talvez pudesse ter sido melhor aproveitada, mas jura ter feito o melhor que pôde. O pagamento de todo o crédito que acumulava depois de anos de trabalho também lhe trouxe mais descanso.

 

Este António já atravessou o Atlântico de barco (duas vezes), saltou de um avião a 5000 metros, mergulhou na grande barreira de coral...mas o que mais arrepia vem de um auto de coragem que lhe valeu salvar vidas, porém ter sido alvejado no Brasil. Desde desse momento que  carrega a bala no corpo. Diz-me que essa o ajudou (como para os comuns mortais uma bala pudesse ter um lado positivo) "a praticar o que prega, ter coragem de continuar em frente apesar das consequências".

 

Muito em breve este Solo adventurer vai atingir outro marco de peso: 30 países antes dos 30 anos.

Ele próprio confessa que viajar pesa mais na qualidade no que a quantidade, mas acho que vale sempre a pena.

 

 

-Lições de Vida na primeira pessoa-

do António para nós

 

1. Nem a ti nem a ninguém deve a vida alguma coisa:

Às vezes há momentos difíceis, e às vezes há momentos muito difíceis. Outras vezes a vida até é "bacaninha".

A verdade é que só connosco é que podemos contar (e com as pessoas com quem cultivámos amizade, afecto, etc.), não há cá poderes superiores ("Deus ajuda a quem se ajuda a si próprio"), não há cá balanços a fazer com a vida. Coisas boas acontecem a pessoas más, e coisas más a pessoas boas. A lei da aleatoriedade probabílistica domina-nos a todos.

 

2. Às vezes é melhor ser feliz do que estar certo, mas outras vezes é melhor estar certo do que ser feliz:


Uma ou outra ocasião vai haver aquele momento em que podias dizer "Olhe lá que isso não é bem assim..." e proceder a debitar uma lista quase infindável de factos, mas para quê?..

Não vais mudar a opinião da outra pessoa, dependendo do interlocutor podes acabar prejudicado, certamente não vais ser mais completo, e tirando aquele prazer que a masturbação mental às vezes nada ganharás.

Outras vezes era tão simples ficar calado, dizer aquele "hum hum" entre dentes e proceder com o teu dia. Mas certas coisas valem a pena defender, a honra e a integridade humana, algo pelo qual sentes paixão, etc.

Cada qual é o único suficientemente qualificado para decidir a que momentos se aplica esta lição.

 

3. Ninguém é perfeito, ninguém tem todas as respostas, o quão mais cedo perceberes isso mais cedo ficarás satisfeito:

Às vezes é mesmo impossível admitir que se está errado. Se alguém há que o sabe sou eu, eu e o meu complexo de estar sempre certo embora às vezes ajude, muitas outras prejudica. 

Não obstante, e conforme cresço, conforme me deparo com os meus erros históricos desenterrados por uma pá feitas de novas análises fomentadas por novas experiências, mais fácil encontro fazê-lo. Aceitar que alguém que não eu é dono das respostas (algumas pelo menos ahah).


 

4. A mentalidade do só mais um dia, acaba sempre por se tornar em muitos "Só mais um dia":

Quase que lembra a piada do lojista que sai por qualquer razão e deixa um sinal na porta que diz 

"Volto dentro de 5 minutos. 
Se já se passaram 5 minutos leia a primeira frase outra vez."

A vida é mais longa do que lhe damos crédito por, mas mesmo assim é incrivelmente curta. 

Já vivi bastante, já aproveitei bastante, e mesmo assim seja aquela manhã no chuveiro, enquanto trabalho na floresta, nado, etc. acabo sempre por pensar no que é que seria a minha vida se tivesse acabado com os "Só mais um dia" mais cedo.

Se calhar também é altura de tu acabares com eles? Não? Só mais um dia então.

 

5. Tem sempre a noção de ter um plano B:

Investe, investe com tudo, dá tudo de ti, queima o gasóleo no depósito até ires a mil à hora.
Vive e aproveita.

Mas... (Há sempre um 'mas' não é?)

Não te esqueças da lição número 1, às vezes as coisas dão para o torto, e é aí que entra o plano B, aquele páraquedas dourado que te permite quase quase bater no chão mas no último momento te ajuda a que esta não seja a última vez que possas cometer um erro.

Tem sempre um plano B, mas depois de o escolheres, se alguma vez o tiveres que activar volta a pegar em ti e a dar mil à hora.

 

Ficaram curiosos em saber mais sobre o António?

 

Depois de ter estado por Istambul a estudar, no Reino Unido a trabalhar na Amazon, viajado pela América Latina (Brasil, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Sint Maarten) de barco, avião e à boleia enquanto trabalhou em alguns sítios em troca de estadia. Mais uns outros 7 meses na Malásia com o Inov a trabalhar para a AICEP e outros 4/5 meses na Austrália para trabalhar... atualmente está na Lituânia a fazer voluntariado via Erasmus+/EVS (SVE) até Dezembro. 

 

Próximos passos? Talvez ir à lua. Brinco...mas já tenho grandes expectativas em relação a este rapaz sem medo de arriscar. Arrisca tu também.

 

Visita as suas mais recentes aventuras em "2392 and one".

 

Para descobrir mais histórias de vida espreita aqui.

 

Boas Aventuras,

Solo Adventurers Joana & António

 

 

 

Partilha este artigo

 

 

Please reload

Artigos Relacionados

Please reload

Artigos Recentes

Mami Pereira, entre muitas coisas arquelojista e uma mulherzinha d(O) Caraças

Partilhar inspiração vale a pena?

Não é isto que quero para a minha vida

1/1
Please reload