Nicu, as 5 lições de quem põe tudo em pratos limpos

Segue-nos

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Pinterest

SONHADORES PRATICANTES

Questões? Parcerias?

soloadventuresofficial@gmail.com

Nicu, as 5 lições de quem põe tudo em pratos limpos

O Solo Adventurer que te trago hoje é daquelas pessoas que põem tudo em pratos limpos ou melhor escrevendo: que nos fazem deixar tudo de pratos limpos. Moldavo e português irrequieto por natureza procura a excelência em tudo o que faz, isto sem esquecer que para tal é necessário muito trabalho, corridas de obstáculos, gosto e dedicação. As suas aventuras são talhadas pela paixão e o talento. Chef, pai e marido - Nicu é o retrato de um homem que se sente completo, mas nunca parado.

 

 

-Sinopse de uma amizade-
 

Curiosamente foi à mesa que conheci o Nicu, prontos para almoçar. No casamento de uma grande amiga nossa foi onde nos cruzámos pela primeira vez. Sentados nela estavam Nicu e a sua mulher, ambos emanavam felicidade. Nesse dia e noite ficámos na melhor mesa (desculpem-me as restantes mas houve uma eleição secreta e pronto, ganhámos 10 a 0 - pelo menos para mim). Bom humor, conversa sem quebra, boa gente, música, comida e bebida - estavam todos os elementos reunidos. Desse momento até este foi um 'instantinho' para que não me contivesse de o convidar a partilhar a sua história, já vais perceber porquê.

 

 

-Sinopse sobre o Nicu-
 

Nasceu na cidade Chisinau (Moldávia) a um mês e poucos dias da queda do muro de Berlim (1989). Foi por lá que aprendeu parte do que descobriu em si: uma inquietude e energia que gastava entre desportos e a busca incessante por respostas, por isso era praticante adepto da curiosidade diária apontando um 'porquê' a todos os que o rodeavam (na cozinha ou fora dela). 

 

Foi aos 17 anos que pisou pela primeira vez solo português e que por cá ficou. Dada à sua natureza estar parado fazia comichão e não podia ser solução, por isso passadas 2 semanas de vivência ingressou na escola e teve muitas aventuras a que se adaptar: uma nova língua, cultura e pessoas. Diz que tem tido sorte de desde cedo por estar em torno de pessoas motivadoras e que não se inibem de lhe enunciar qual o caminho certo. O gosto por tornar alimentos apetecíveis ao olho e à boca nunca o abandonaram e foi essa alavanca de paixão que o fez ingressar durante 3 anos num curso profissional de Padaria, Pastelaria e Cozinha, tornando-se oficialmente cozinheiro na vida e no diploma.

 

Em 2017 foi reconhecido com o segundo lugar no Concurso Chefe Cozinheiro do Ano o que lhe abriu muitas portas, mas antes dessa já fazia um 'brilharete' entre os tachos e pratos. Atualmente é chef de partida no LOCO - o qual detém daquelas Estrelas Michelin de gabarito, e antes disso passou por  outros dos ex-líbris gastronómicos de Lisboa - Cantinho do Avillez, Decadente e Bica do Sapato.

 

Foi entre as pessoas que o rodeavam motivando-o, algumas conheceu na sua chegada a Portugal, que Nicu fez de uma delas sua mulher (e ela dele marido, pois claro). Hoje têm uma filha. Nas tarefas de ser pai, marido e profissional mostra ser muito focado, mas de outra forma não podia ser pois sempre buscou a excelência e pretende ser um exemplo na procura pelo máximo.

 

Nicu guarda os seus valores bem no alto, junto da sua cabeça e do seu coração. Disse-me logo de rompante ser feliz - e a ti que estás a ler, digo-te que não há maior embate que ouvir um "sou feliz" sem hesitações, a mim aperta-me a alma e deixa-me sentir igualmente feliz. Estas coisas da empatia. 

 

"Nós somos aquilo que queremos ser, não me venham com tretas, queres mudar a tua vida? Muda tu primeiro! Neste momento estou feliz, por que quero ser feliz! Valorizo a minha família, valorizo o meu trabalho, valorizo quem sou hoje em dia! Quando o teu copo está vazio não te esqueças que é o ar que o preenche..."

 

Poderia eu descrever melhor? Bola para a frente, sempre.

 

Antes que me questiones: sobre viagens, para além das que faz na gastronomia, destacou Portugal - não sendo natural de cá tem muito que descobrir, mas gostou particularmente do Gerês e da Madeira. Andou também por Espanha, Inglaterra, Alemanha, EUA - onde ainda guarda na memória a confusão de Nova Iorque e Nova Orleães que lhe soube bem ao ouvido o jazz  e ao paladar a fábrica de Tabasco.

 

 

-Lições de Vida na primeira pessoa-

(ou Leis da Vida como ele gosta de nomear)

do Nicu para nós

 

1. Energia positiva 

Vou começar por dizer que se não fores tu a acreditar em ti dificilmente alguém vai acreditar, é verdade! À nossa volta estão sempre a surgir várias vezes situações difíceis de solucionar por falta de coragem, por isso não tenhas medo de viver. Estás em constante aprendizagem e tens margem para erros. Procura algo que te faz feliz e estimula esse sentimento. Acredita que muitas pessoas não têm as oportunidades que tu tens, não têm direito a trabalho, casa, família -só de pensar nisso devias estar agradecido, atenção, não te deves limitar com isso mas sim usá-lo como base de auto-motivação! Pensa positivo! Rodeia-te de pessoas positivas. 

 

2. Esqueça a inveja 

Uma das características que invade a nossa sociedade é a inveja, é triste ver que cada vez mais perde-se a transparência nas pessoas que "vivem modelos" e não se focam naquilo que realmente é importante. Tens a tua oportunidade, os teus erros, as tuas aprendizagens, as tuas experiências, a tua verdade, aproveita isso tudo para definir quem tu és e o que tu queres. Faz aquilo que tu gostas não o que os outros gostam. Vive a tua vida! 

 

3. Investimento pessoal 

Procura saber mais, não te limites. Muda para melhor, cria a tua opinião, constrói a tua personalidade! Tudo isto é fácil de dizer, mas é uma luta diária contra nós próprios, sim o  teu maior crítico deves ser tu. É fácil progredir quando te aceitas como és, a partir de aí começas a melhorar. 

 

4. Vive de objectivos 

Vive de objectivos a curto, médio e longo prazo. Quando tens uma ideia na cabeça por um período de tempo e no início parece difícil, se pensares sempre no assunto vais ver que automaticamente vais encarar a dificuldade de uma forma mais natural. Isso vai ajudar-te a seres mais organizado, mais motivado, a tua auto-confiança também vai subir, uma vez que irás sentir-te mais produtivo. 

 

5. Seja assertivo 

Todos nós sabemos o que é certo e o que é errado. Aplica isso na tua vida e vais ver que no geral vais poder expressar melhor as tuas ideias, vais estar mais seguro. Ganha a tua posição, é assim que terás uma personalidade forte. Vais saber manifestar a tua opinião sem desrespeitar outras pessoas. Tudo isto vai ajudar-te no geral a seguires o teu caminho, sem atrapalhar o dos outros. 

 

 

Queres conhecer mais sobre o Nicu? Eu também!

Visita o LOCO e o Concurso Chefe Cozinheiro do ano em que foi premiado.

 

Boas Aventuras,

Solo Adventurers Joana & Nicu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Partilha este artigo

Please reload

Artigos Relacionados

Please reload

Artigos Recentes

Mami Pereira, entre muitas coisas arquelojista e uma mulherzinha d(O) Caraças

Partilhar inspiração vale a pena?

Não é isto que quero para a minha vida

1/1
Please reload