Jorge e a Palhaços d'Opital

Segue-nos

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Pinterest

SONHADORES PRATICANTES

Questões? Parcerias?

soloadventuresofficial@gmail.com

Jorge e a Palhaços d'Opital

 

Chegou o momento de conheceres projetos sociais através das pessoas que os compõem. O Jorge Rosado é um palhaço e aposto que com muito orgulho. Não, não é um palhaço qualquer, é um daqueles Palhaços d'Opital que levantam sorrisos seniores das camas de vários hospitais portugueses.

 

 

 

Sinopse de como nos descobrimos

Aqui confesso que fui eu a descobrir primeiro a Palhaços d'Opital e o Jorge pelos meandros da internet, só depois é que me conheceram a mim. E claro, foi a minha curiosidade juntamente com a vontade de querer sempre meter o nariz onde acho que sou chamada que me fez conversar com ele e lançar o convite. O meu objetivo? Partilhar o que de bom e de bem se faz em Portugal, seja fora ou dentro da capital.

 

O Jorge revelou ser tudo aquilo que eu esperava: uma pessoa simpática, disponível e com um espírito de Solo Adventurer - arrisca com o coração e cérebros alinhados.

 

Sinopse sobre o Jorge e a Palhaços D'Opital

 

O Jorge Rosado tem a que ele destaca orgulhosamente como "a mais BELA profissão do mundo", é o director artístico na Palhaços d' Opital.

 

Tudo começou com um convite. O Jorge levou o seu trabalho de palhaço para o Pediátrico de Coimbra através de um convite da Acreditar Coimbra e por lá ficou durante 6 bonitos anos. Durante esse tempo diz que se apaixonou "pelo conceito" e tomou a decisão de apostar em formação nessa área específica.

 

A 12 de Fevereiro de 2013 juntou-se à Isabel Rosado e criaram a associação Palhaços d'Opital com a inovação de se focarem no "trabalho e missão dos Doutores Palhaços para os Seniores".

 

O sonho que traziam ao peito desde essa criação é até hoje o mesmo: conseguirem que a associação seja "um dos muitos impulsionadores do movimento que visa a Valorização e Dignificação do papel dos Seniores na sociedade atual", para isso pretendem "profissionalizar a equipa e alargar a rede de Hospitais Parceiros para Porto e Lisboa".

E será que desde esse ano de 2013 conseguiram concretizar o sonho? Têm conseguido mais do que isso! Têm sido vários os pequenos e grandes sonhos alcançados, mas ainda há muito por fazer!

 

Em 2019 já estão implementados em 4 Hospitais Parceiros onde fazem 2 visitas semanais regulares, são eles o IPO Coimbra, o Centro Hospitalar Tondela-Viseu, o Centro Hospitalar Baixo Vouga e o Hospital Distrital da Figueira da Foz. Para que tudo e muito mais seja possível existe uma super equipa de Doutores Palhaços, apresentando cada um pelo seu nome: a Belita, o Risotto, a Donizete e o Caracol.

 

Estes Palhaços já levam mais de 1000 horas em ambiente hospitalar, 9000 sorrisos em pacientes contactados diretamente e mais de 100 000 pessoas impactadas indiretamente!  

 

Um estudo desenvolvido por uma aluna do 6º ano da Faculdade de Medicina de Coimbra sobre o impacto do riso através de 50 inquéritos comprovou que houve uma redução de cerca de 27% da dor após a intervenção da equipa de Doutores Palhaços.

 

Não me digas que só de leres isto não ficas com o peito inchado de orgulho por eles?

 

Quando lhes questionei como estavam a mudar o mundo e o impacto que têm mostraram-me ainda mais valor e que de facto todo o trabalho que têm não é feito sem um alinhamento próprio e consciente.

 

"92% das organizações mundiais trabalham para a criança e a Palhaços d’Opital é das poucas no mundo que trabalha para os “mais velhinhos”. Pretendemos disponibilizar um serviço de qualidade ao nível da prestação artística de equipa de Doutores Palhaços, investir cada vez mais na formação de forma a prestar um serviço/missão que realmente provoque um impacto bastante positivo em ambiente hospitalar. Vamos também em 2019 iniciar um enorme estudo de avaliação do impacto do nosso trabalho em ambiente hospitalar com a colaboração das Faculdades de Medicina, Psicologia e Economia da Universidade de Coimbra".

 

Mas eu queria saber mais. Queria saber para lá dos números e dos estudos - que são obviamente bastante importantes também, por isso questionei quais tinham sido as mensagens mais bonitas que escutaram e  o que os tinha marcado até ao momento. A resposta não foi uma surpresa mas sim um conforto:

 

"Todos dias recebemos mensagens de utentes, familiares, cuidadores formais e informais e profissionais de saúde do benefício e impacto de mudança do ambiente hospitalar e estado anímico das pessoas com quem trabalhamos. Mensagens e testemunhos de pessoas que relatam da alegria e mudanças propostas através das performances e dinâmicas das duplas. Muitas pessoas enviam mensagens a partilhar connosco do impacto do nosso trabalho em todos serviços e unidades e de que 'nunca pensaram ser possível rir á gargalhada num IPO'”.

 

 

 

Tal como eu, o Jorge e a Palhaços d'Opital são de metas e para ultrapassarem-nas já têm os próximos passos delineados:

  1. Profissionalizar a equipa de Doutores Palhaços e profissionalizar determinadas áreas/serviços da associação;

  2. Alargar a equipa de Doutores Palhaços;

  3. Alargar a rede de Hospitais Parceiros;

  4. Desenvolver estudos na nossa área de intervenção;

  5. Desenvolver novas parcerias.


Chegando a este momento acho que na tua cabeça deve estar quase a aparecer uma questão: "e como é que eu posso ajudá-los a alcançar isso?". Bem, se não estiver a aparecer na tua cabeça pelos menos na minha estava e por isso ficas aqui com a informação.

 

"Todos nós podemos sempre fazer algo pelo outro e por quem tanto precisa.

O impacto do trabalho da equipa de Doutores Palhaços nos Hospitais Parceiros é cada vez mais visível e assenta em 6 anos de experiência, formação, estudo, empenho e dedicação de toda a equipa da Palhaços d’Opital.

 

Podemos todos ajudar esta vossa Palhaços d’Opital. Como?

  1. Divulgando e partilhando o nosso trabalho;

  2. Fazendo donativos pontuais;

  3. Comprando o nosso merchandising;

  4. Divulgar o trabalho da associação em empresas de forma a quem estas nos possam apoiar.

Mas essencialmente, todos nós podemos fazer muito mais por um mundo mais BELO, onde aceitemos todos independentemente das suas opções, cor, religião e orientações. Que o mundo é muito mais BELO se todos estivermos presentes e felizes. Que o mundo é muito mais BELO se os nossos mais velhinhos fizerem parte e que o mundo beneficia imenso da sua experiência de vida, talento e do amor que tem para nos dar".

 

Depois de leres isto tudo acho que o mínimo que podes fazer é visitar o site da Palhaços d'Opital e partilhar este artigo para que mais Doutores Palhaços entrem pelos Hospitais deste país a fazer cócegas à tristeza até que ela fuja por entre as gargalhadas.

 

Há missões que não mudam só o mundo...mudam a forma como sorrimos para ele.

 

 

 

Boas Aventuras,

Solo Adventurer Joana & Jorge - Palhaços d'Opital

 

 

 

Please reload

Artigos Relacionados

Please reload

Artigos Recentes

Mami Pereira, entre muitas coisas arquelojista e uma mulherzinha d(O) Caraças

Partilhar inspiração vale a pena?

Não é isto que quero para a minha vida

1/1
Please reload