Xana, as lições de um shot de energia em pessoa

Segue-nos

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Pinterest

SONHADORES PRATICANTES

Questões? Parcerias?

soloadventuresofficial@gmail.com

Xana, as lições de um shot de energia em pessoa

Hoje trago-te um shot. Não gostas? Este é um fit e vem com música. Não estás a perceber? Achas que já escrevi melhor? Pega no copo e se for com a mão direita é penalti. Vais mesmo ter de beber esta história de vida até ao fim porque os efeitos secundários são extremos: resiliência, capacidade de se inovar e energia extra. O shot vem de uma garrafeira de topo, tentámos envelhecê-lo como o vinho mas tendo em conta do que se trata é impossível. O rótulo diz Xana Magalhães, já ouviste cantar?

 

 

-Sinopse de como nos conhecemos-

Sabes qual é a melhor forma de conhecer uma pessoa pela primeira vez e de lhe fazer um convite para partilhar a sua história de vida, da qual não se tem conhecimento? Isso mesmo, no final de uma aula de ginásio a pingar de suor e sem fôlego. No nosso melhor e mais apresentável. Foi mesmo assim que eu me introduzi à Xana e lhe fiz o convite. O que me fez arriscar de levar um valente não de uma pessoa que eu só conhecia por me mandar fazer agachamentos e subir para uma passadeira a correr pela vida? Na verdade foi tudo isso. Pensei que uma pessoa com toda aquela energia e boa disposição seria certamente inspiradora. Não me enganei. Agradeço-lhe por não me achar maluca (pelo menos por não o ter dito verbalmenete) e ter aceite este desafio.

 

-Sinopse sobre a Xana-

A Xana Magalhães não tem esse nome certamente no cartão de cidadão, mas é a sua carta de apresentação. Confessou estar um pouco em pânico sobre o que contaria sobre si e o seu percurso, porque diz que não se acha "diferente do resto do mundo". E ela de facto não é diferente em forma humana, mas tem um carácter especial.

 

Nasceu a 28 de outubro de 1965,  facilitando-te as contas tem 53 anos de "muitas subidas à montanha e descansos no planato", tal como nos confidencia. Desde que tem recordação de ser gente sempre desejou ser cantora e foi esse tenro sonho que a levou aos 6 anos cantar no palco do Coliseu dos Recreios de Lisboa.

 

Esta história escalou cedo, não achas? Aos seis anos estava eu ainda a aprender escrever e a soletrar, ela já cantava e  bem! Voltando para o junto da Xana de 6 anos...

 

Diz que se saiu bem mas os seus "pais acharam que era nova demais para ser artista". Mais 5 anos passaram, aos seus 11 começou a aprender guitarra e daí passou para as missas das 12h dos Salesianos do Estoril onde tocou os seus primeiros acordes. Outros 5 anos passaram e já com 16 recebeu o seu primeiro cachet por tocar e cantar em bares.

 

Teve várias bandas de covers, cantou em casinos, cruzeiros. Foi compositora de vários genéricos e trilhas sonoras para teatro radiofónico da Atena 2 e muito mais fica por contar, por isso melhor do que ler em termos de música será sempre melhor ouvir:

 

Em 1996 no Big Show Sic com o João Baião

 

 

Em 1999 na Chuva de estrelas na Sic

 

No talkshow Outra face da lua na RTP2 com o Júlio Isidro

 

 

 

 Em 2002 no Passeio dos Alegres da RTP com uma música original sua

 

 

A carreira mais recente deixo para tu descobrires nos meandros da internet.

 

A par do seu percurso profissional os estudos tiveram duas casas: a Academia dos Amadores de Musica de Lisboa para a sua aprendizagem musical e o IADE onde se licenciou em Marketing e Publicidade. Agora vamos retroceder um pouco. Como te disse eu conheci a Xana enquanto esta dava uma aula de ginásio, por isso onde é que o fitness entra nesta história?

 

O fitness entrou na sua história "contra tudo e contra todos". Porquê? Decidiu entrar aos 34 anos e como tal todos os que a rodeavam diziam que ela não tinha idade para isso pois a ideia é que " ou se começa cedo ou não se tem capacidade física". Disseram-lhe para ganhar juízo e assim fez. Com todo o seu perfeito juízo decidiu avançar. Acho que por este andar das estórias já percebeste uma coisa, à Xana não lhe falta vontade própria e ninguém lhe pode dizer o que é ou não capaz de fazer quando é algo que ela deseja e quer muito. E assim reza esta história.

 

Com a garra que lhe é característica foi frequentar a sua primeira formação em Body Combat. O que achas que aconteceu? Poucas semanas de estar a fazer a formação deu "cabo do joelho direito" e como ela diz lá foi "fazer uma artroscopia e adeus meniscos. Depois disto é caso para pensar: Desistiu da ideia, certo? Não, nada disso". Passaram 6 meses até que estivesse recuperada para voltar à formação. Será que é desta? Não. Escorregou numa barra de Body Pump e foi a vez do pé sair lesionado, o que lhe deu direito a mais de um mês e meio de muletas. Achas que foi aí que ela desistiu? Achas?

 

Quando se chega à segunda tentativa, sabendo que a terceira é de vez claro que muitas vozes amigas lhe encheram os ouvidos de preocupação:“ Xana se isto esta a acontecer, é para não ires por aí…”. Claro que não desistiu, mas contornou. Seguiu em frente e fez várias formações, especializações e mais duas Pós Graduações na área do Fitness .

 

Passaram quase 20 anos e a Xana continua sem desitir. Vive apaixonada pelo que faz e diz que se entrega "a cada projeto e a cada aula", e eu juntamente com os meus músculos doloridos posso comprovar que não mente.

 

As estórias da Xana vêm da música e do fitness, deram-lhe muitas oportunidades de abrir ainda mais os olhos e ouvidos para  o "mundo, pessoas e culturas diferentes". Os desafios parecem peanuts para ela! Trabalhou como Personal trainer e Instrutora de fitness em Angola durante 2 anos e com isso sentiu o que é estar fora da bolha de conforto e o que significa ser emigrante.

 

Deixo-te com umas palavras da própria e com as suas lições:

 

"O que posso deixar disto tudo quando falo em fitness ou música, é que nada disto se consegue fazer sem paixão. É impossível transmitir energia se não a sentirmos cá dentro. Nada destes dois caminhos são fáceis ou em linha recta, mas são feitos com paixão. Não será de admirar se um dia destes voltar a mudar o rumo da minha vida, e não estranhes se me encontrares numa roulotte a vender comida de rua, ou a explorar uma tasquinha de petiscos! ;)"

 

 

Se a quiseres conhecer pessoalmente é fácil:

Segue e contacta a Xana no seu Instagram profissional  para perceberes por onde anda. Eu encontrei-a pelo The Code. Descobre também o projeto Fique em Forma - onde é feito um match entre o Personal Trainer e quem quer treinar mediante as suas características. Têm personal trainer, treino em casa,outdoor e online. A Xana está por lá.

-Lições de Vida na primeira pessoa-

 da Xana para Nós-

 

1. Acreditar que o impossível é só um “possível” com um ”im” antes.

2. Somos muito mais influenciadores e responsáveis pelo que nos rodeia do que  julgamos.

3. O medo  é parte integrante do sucesso e da mudança, aguçando  a nossa capacidade de concretização e perfeição.

4. Definitivamente , nada é garantido, e por tudo isso vamos descomplicar.

5. O nosso bem mais precioso , são tão simplesmente pessoas ( os pré pessoas de 4 patas também estão incluídos) ...pessoas que amamos e que nos amam. E a realidade é essa, são os afectos que nos tocam, nos transformam e nos tornam mais “Pessoas”.

 

 

Boas Aventuras,

Solo Adventurers Joana & Xana

 

 

 

Please reload

Artigos Relacionados

Please reload

Artigos Recentes

Mami Pereira, entre muitas coisas arquelojista e uma mulherzinha d(O) Caraças

Partilhar inspiração vale a pena?

Não é isto que quero para a minha vida

1/1
Please reload