top of page

Quanto bagagem emocional trazes contigo?




Será mesmo verdade que à medida que os anos avançam torna-se cada vez mais difícil encontrar outra pessoa sem bagagem? Sem remendos no coração. Sem grandes amores que nunca conseguiremos igualar, sem problemas emocionais e psicológicos mal resolvidos...sem um passado que lhes pese a eles e que pode vir também pesar sobre nós?


Provavelmente não. Porque para viver ninguém pode andar de fininho, com um pé atrás do outro no medo de fazer aquilo para o que nasceu: viver - com tudo o que de bom, menos bom, mágoas, desafios, ... remendos, remendos e mais remendos!


Acho que a vida é um bem demasiado luxuoso para desperdiçar em casas ou corações onde não nos sentimos bem, por muito que a outra pessoa que lá viva tente fazer tudo de melhor para nos deixar à vontade.


Às vezes o friozinho na barriga não vem das supostas borboletas mas do desconforto de nos forçarmos a investir onde não seria a nossa primeira opção.


The heart wants what the heart wants. E é isso que nos carrega a bagagem emocional.

Compremos um atrelado.


📨 Comenta abaixo o que achas sobre este tema.


Boas Aventuras,

Joana Feliciano



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page