top of page

Happiness Business School, um parceiro para a felicidade

A Happiness Business School é parceira da associação Solo Adventures e oferece vantagens exclusivas aos/às nossas associad@s. Hoje vamos conhecer a história por detrás do projeto e as pessoas que o fazem acontecer.




A história da Happiness Business School


A Happiness Business School nasceu há cerca de 4 anos com o objetivo de estimular o vínculo emocional dos colaboradores às suas empresas.


Nessa altura, Madalena Carey, acabada de chegar da Austrália, onde trabalhou por vários anos em Imigração e Compliance com foco na educação Internacional e ter posteriormente enveredado pelas áreas de Life e Business Coaching, desabafava com o Pedro, seu colega, sobre aquela que era a maior causa de infelicidade e depressão dos seus clientes: o trabalho.

O Pedro, formado em Direção e Gestão Hoteleira e trabalhando então na área de eventos em diversos hotéis e restaurantes, identifica-se totalmente com as suas palavras.


No fundo, adorava o que fazia mas o ambiente de trabalho não era o melhor. Na organização de diversos eventos corporativos nacionais e internacionais, percebia também que grande parte das pessoas ia apenas porque se sentiam na obrigação ou porque era ‘o melhor dia do ano’, o que a seu ver, não fazia sentido, mas percebia que afinal não era o único a sentir-se assim. Percebeu que era urgente estimular o vínculo emocional entre os colaboradores e as suas organizações e que o investimento nas pessoas deveria ser feito não só nos momentos de lazer, mas em todas as etapas do employee experience.


Juntos uniram forças e decidiram fazer algo especial pelo mundo corporativo: Levar em frente a missão de alavancar culturas de trabalho com mais significado e promover carreiras com mais propósito.


Sabemos hoje que falta de significado é a causa número um de infelicidade moderna. Assistimos também a um aumento daquilo que são consideradas as doenças do século 21: o stress, a ansiedade, a depressão e o burnout, que são muitas vezes provocadas por mal-estar no trabalho – que é onde passamos um terço do nosso tempo.

O projeto inicial era o de atribuir um Happiness Manager a cada empresa, que fosse responsável por alimentar e consolidar a ligação entre a empresa e o colaborador. Para que estes vissem os seus trabalhos não apenas como um pagamento ao fim do mês, mas como um veículo para atingirem os seus sonhos e objetivos. Mas rapidamente perceberam que este era um passo “maior que a perna”, tanto a nível de investimento como de mentalidade, sendo que na altura pouco se falava sobre felicidade nas empresas. E se se falava, certamente as chefias não tinham nada a ver com isso…


Começaram então por organizar ações de team building e de formação com foco na felicidade e então aí começaram a ter alguma atenção.


Começaram a ser aceites e a ter importância termos como Salário Emocional, Happiness Managers e a chover pedidos de formação.


As empresas perceberam finalmente que ao investirem na felicidade das suas pessoas estavam a investir em si próprias.


Estavam a investir na saúde mental, a investir na inclusão, a investir na sustentabilidade e por consequência a reduzir taxas de absentismo, de turnover, de queixas e conflitos, o que no fim se traduz em produtividade, criatividade, inovação e resultados.


Pessoas felizes fazem mais, melhor e durante mais tempo.

E portanto este é hoje o nosso maior foco: trazer mais felicidade ao local de trabalho para trazer mais felicidade à vida de cada um, todos os dias.


E tudo isto através de formação atuando em 2 vertentes. Por um lado capacitam diretores e chefias a potenciar o melhor de cada um e por outro responsabilizam cada colaborador pela sua própria felicidade, psicologia positiva e motivação interna. Isto porque a felicidade coletiva não se trata de um lado dar, dar, dar e outro receber… mas de um caminho conjunto em que empresa e colaboradores caminham lado-a-lado e esse é um dos fatores chave do seu trabalho.


Presentes em mais de 10 países, hoje já certificaram centenas de Happiness Managers e Chief Happiness Officers, lançaram um MBA em Felicidade Organizacional, transformaram muitas culturas empresariais.


Quer tornar-se no herói da sua empresa?


👉Podes saber muito mais na sua casa digital aqui.



 



Quais as vantagens da Happiness Business School para @s associad@s?

  • Código de desconto de 30% para usufruir em toda a formação da Happiness Business School


Descobre mais vantagens aqui.


Gostavas de fazer parceria connosco? Vamos conversar!



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page