• Alexandra Teixeira

Os sonhos não têm idade

Olá, Sonhador(a)!


Nesta primeira Crónica que te escrevo, gostava de partilhar contigo algo de que as pessoas se esquecem muito frequentemente:


«Os sonhos não têm idade!»


É verdade. Quer estejas a iniciar esta jornada que é a vida, quer estejas a meio do caminho ou naquele ponto em que olhas para trás e observas o longo percurso que percorreste… estás sempre, sempre a tempo de sonhar.


Sonhar não tem de ser grandioso para ser válido.


Esquece aquela ideia de que tens de alcançar grandes feitos para deixar o teu nome na história. Tens, isso sim, de fazer aquilo que te deixa feliz, que te preenche no teu propósito e com essa “pequena” ação irás impactar todos os que te rodeiam.


O teu sonho pode ser fazer voluntariado numa associação ambiental, dedicares-te ao ativismo, resgatar animais, fazer companhia a idosos, treinar adolescentes, aprender a cozinhar refeições saudáveis… tudo é válido.


Sonhar tem de te criar um burburinho interno. Tem de gerar uma emoção positiva que passa dos teus pensamentos para o teu corpo e que te coloca a sentir borboletas na barriga.


Para um sonho existir apenas temos de estar vivos, independentemente se tens 8 ou 80 anos. E para se tornar realidade apenas tem de existir uma verdadeira intenção de o colocar em prática.


Tens de te apaixonar por essa ideia, senti-la a crescer e brotar dentro de ti, numa enorme vontade de explodir cá para fora e passares à ação.


Bronnie Ware, uma ex-enfermeira que passou anos a cuidar de centenas de doentes nos seus últimos anos de vida, escreveu um livro sobre “Os 5 maiores arrependimentos antes de partir”, inspirada pelo nível de frustração que observou nos seus doentes.


A autora descobriu que, por altura da morte, a maioria das pessoas nem sequer tinha realizado metade dos seus sonhos e este era o maior e mais comum dos 5 arrependimentos:


«Quem me dera ter tido coragem para viver uma vida fiel a mim próprio e não a vida que os outros esperavam de mim.»


A intenção da autora ao escrever o livro foi ajudar as pessoas a agir hoje e a não deixar as coisas para o dia de amanhã, arrependendo-se mais tarde.


Então, sabes aquele sonho secreto que tens dentro de ti e que achas que nunca vais atingir? Pega nessa ideia, e pensa em 3 coisas que poderias fazer já hoje para começar a concretizá-la.


E aquele sonho antigo que nunca realizaste por falta de tempo/dinheiro/outra desculpa? Porque não voltas a pensar nele, à luz de tudo o que aprendeste até hoje e pensas numa forma de o concretizar com todos os recursos que tens neste momento?


É assim que começa. Passito a passito, como diz a música.


Leva esta pergunta contigo: do que preciso para transformar os meus sonhos em realidade?


Partilha connosco (aqui) e se precisares de ajuda, estamos aqui para ti.

Bons sonhos!





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Solo 1.png

Comunidade de Sonhadores Praticantes.

A mudança não se faz sozinha. Nós ajudamos.

  • Facebook Solo Adventures
  • Instagram Solo Adventures
  • LinkedIn Solo Adventures
  • YouTube Solo Adventures
  • Pinterest Solo Adventures
  • Spotify Solo Adventures