top of page

Solo Adventures e Sebê Nón: Transformam Vidas no feminino na Roça Agostinho Neto, São Tomé e Príncipe

Atualizado: há 3 dias


Associação Solo Adventures,

a casa dos Sonhadores/as Praticantes

Somos uma comunidade de Sonhadores/as Praticantes, cujo objetivo é inspirar e empoderar pessoas na procura pelo seu propósito de vida, bem-estar e saúde mental. Com atuação em Portugal, São Tomé e Príncipe e Brasil, trabalhamos para fomentar a consciência individual, social e cívica, através de uma metodologia centrada em autoconhecimento, autorrealização e ligações interpessoais.


O foco está no desenvolvimento humano, saúde mental e bem-estar emocional, promovendo uma melhor qualidade de vida e longevidade. Este compromisso está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, especialmente os pontos 3 (Saúde de Qualidade), 10 (Reduzir as Desigualdades) e 17 (Parcerias para a Implementação dos Objetivos).





Sebê Nón: Educar para a Igualdade


O Sebê Nón, cujo nome significa “o nosso saber” em crioulo forro, é um projeto de intervenção social que visa empoderar a população feminina de São Tomé e Príncipe, promovendo a educação e a igualdade de género. Criado por Sofia Dias Ramos em 2016, como parte do programa Spirit da WACT (We Are Changing Together), o projeto passou por uma fase de incubação em Portugal entre 2017 e 2018. Em 2019, o Sebê Nón foi implementado na Roça Agostinho Neto, no distrito de Lobata, São Tomé, onde continua a desenvolver atividades que combatem o abandono escolar e promovem a saúde e qualidade de vida das mulheres santomenses.



Programa Sonhadores Praticantes: Uma Parceria Transformadora


Desde 2022, a Solo Adventures e o Sebê Nón têm unido esforços para concretizar objetivos comuns através do "Programa Sonhadores Praticantes - mentoria e desenvolvimento humano". Este programa é direcionado a meninas e mulheres da Roça Agostinho Neto, visando superar disparidades sociais e econômicas e proporcionando oportunidades para alcançar seu pleno potencial.


Edição 2022





O programa adapta-se às necessidades específicas das participantes, oferecendo sessões de capacitação presenciais em grupo e mentoria individual online. Ao longo de sete meses, as mentoradas meninas e mulheres adultas participaram em sessões mensais com mentoras em Portugal, desenvolvendo projetos de vida e estabelecendo metas concretas que promovem a melhoria das suas condições de vida.




Espreitar aqui alguns momentos da segunda edição do Programa em 2023:

Edição 2023


Esta abordagem não só aumenta a confiança e o autoconhecimento das participantes, mas também contribui para a construção de uma comunidade mais resiliente e igualitária, alinhada com o ODS 10 (Reduzir as Desigualdades) - saber mais aqui.



As mentorias mensais à distância possibilitam o desenvolvimento dos projetos de vida de cada mentorada menina e mulher adulta. Para a mentorada Osmaura significou conseguir lançar o seu livro com um conto original e conhecer uma cientista santomense que a inspirou a continuar a lutar pelo seu sonho de trabalhar ter uma carreira nas áreas das ciências!

  • Edição de 2022 aqui

  • Saber mais sobre a edição de 2023 aqui

Edição 2024



Sessões presenciais em 2024 na Roça Agostinho Neto

Nos dias 27 de abril e 4 de maio de 2024 na Biblioteca da Roça Agostinho Neto, decorreram as sessões de capacitação presenciais complementares às mentorias individuais para todas as mulheres adultas interessadas.


Com o objetivo de ajudar as mulheres santomenses a desenvolverem o seu autoconhecimento, refletirem sobre os principais desafios que enfrentam na sua vida pessoal e como potenciarem a melhoria das suas condições de vida.


As atividades incluíram temas como bem-estar, finitude, gestão de tempo e educação financeira, utilizando exercícios escritos guiados pela equipa de voluntariado.




Edição 2023/2024


Foram convidadas a continuar a apostar no seu desenvolvimento pessoal e profissional podendo integrar na terceira edição de mentorias do Programa Sonhadores Praticantes para criarem os seus projetos de vida.


As sessões também tiveram a honra de receber uma visita oficial de representantes do Governo de São Tomé e Príncipe para conhecerem o trabalho realizado, especialmente com as mulheres adultas da comunidade.




Joana Feliciano - Fundadora e Presidente de Direção da Associação Solo Adventures.

Ver episódio completo do Programa "A minha geração" da Antena3 /RTP aqui



Testemunhos de voluntariado



Irineu Duarte, voluntário, Sintra - Portugal, 35+ anos


Joana Lopes, voluntária, Porto - Portugal, 30+ anos










As surpresas com o projeto começaram muito antes de chegar a São Tomé. As participantes tinham-nos pedido para organizarmos sessões à volta dos temas da Gestão de tempo, Foco, Finitude e Projeto de vida. Tanta distância entre nós e as preocupações são as mesmas: para que é que nascemos e como podemos usar bem o nosso tempo antes de desaparecermos? Nas sessões de capacitação as semelhanças continuaram. Encontrei na sua postura, palavras e reflexões pessoas com uma urgência de se cumprirem enquanto mulheres com projetos e sonhos. No entanto, é impossível não reparar também na maior diferença de todas: as oportunidades que eu tive enquanto filha, irmã, aluna, amiga, trabalhadora e cidadã por crescer e viver numa sociedade, que mesmo ainda tendo muito para andar, se apresenta mais igualitária do que a realidade daquelas mulheres. Mas se há lição que as mulheres são tomenses no projeto também nos lembraram, é que o mundo não avança pelos lamentos e queixas, mas sim quando pegamos neles e nos unimos para criar um lugar de fraternidade, partilha e construção de novas ideias.



Andreia Meneses, voluntária, Lisboa - Portugal, 40+ anos










Maria Helena Torres, voluntária, Lisboa/Tomar - Portugal, 60+ anos









A perceção e o confronto com a realidade vivida pelas mulheres de São Tomé e Príncipe foram duros e empoderantes. Sinto-me até hoje muito grata e feliz por esta experiência. É notório o papel determinante que as mulheres santomenses têm no dia a dia da comunidade: na agricultura, na educação dos mais novos, no apoio à família, especialmente aos mais velhos. Elas constroem o futuro global daquele território, debatendo-se e lutando diariamente contra pobreza, discriminação em suas diversas formas, falta de oportunidades, violência doméstica e sexual, falta de bases estruturais, especialmente na educação/literacia. E, apesar de tudo isso, são um pilar de força, trabalho e exemplo. Foi muito importante perceber que um futuro melhor em São Tomé e Príncipe passa principalmente pelo desempenho, força, perseverança e coragem dessas mulheres. Elas são um exemplo de como o mundo pode evoluir para melhor, se o caminho for construído com base no amor, fé e confiança em um mundo melhor para todos. Ficamos com a boa sensação, ao nos depararmos com estas “bravas e humildes guerreiras”, que nosso esforço, empenho e trabalho enquanto voluntários podem fazer, sim, diferença.

Impacto e Futuro


Ao promover um espaço seguro e livre de julgamentos, o "Programa Sonhadores Praticantes" permite que as participantes explorem aspectos cruciais das suas vidas, como a sua identidade, os seus valores, uma orientação/propósito que possam transformar os seus sonhos em objetivos concretos. Através desta iniciativa, a Solo Adventures e o Sebê Nón contribuem diretamente para a redução das desigualdades em São Tomé e Príncipe, capacitando as meninas e mulheres a superarem barreiras, tirarem mais tempo para si e a alcançarem os seus objetivos.


A colaboração entre a Solo Adventures e o Sebê Nón demonstra como ações locais podem ter um impacto global, avançando em direção à Agenda 2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Com uma equipa de voluntariado maioritariamente feminina, trabalham juntas para promover o empoderamento e a emancipação das mulheres, transformando vidas e fortalecendo comunidades em São Tomé e Príncipe.


Saber mais sobre este projeto aqui, aqui e aqui.


Gostavas de fazer parte da equipa de voluntariado Solo Adventures? Espreita aqui.

Comentarios


bottom of page