top of page

A importância do autocuidado

Nos dias de hoje, é cada vez mais importante cuidarmos de nós, seja fisicamente, psicologicamente ou de forma emocional garantindo, assim, a nossa saúde e bem-estar.

Em primeiro lugar, é fundamental darmos atenção a nós mesmos e também às nossas necessidades. Nesse sentido, devemos mudar hábitos que “não nos acrescentam nada” e que só nos provocam reações negativas no corpo e na mente.


Além disso, também é importante termos momentos a “sós”, onde possamos relaxar bem como desfrutar, não pensando em mais nada. Neste caso terá que haver uma harmonia entre corpo, mente, atitude e tempo para que tudo flua da melhor maneira possível.


A socialização e as relações que man(temos) com os outros também têm um papel relevante no autocuidado, sendo que, o nosso bem-estar também se reflete no dos outros e na forma como nos conetamos a eles. Há que desligar o “piloto automático” e dar destaque às emoções transmitidas.


De salientar que autocuidado também é sinónimo de exercício físico. Exercitar o corpo dá-nos saúde e bem-estar. Temos mais energia e somos mais felizes. Neste caso, o importante é selecionar a modalidade que melhor se ajusta à nossa personalidade e às nossas preferências e, seguidamente, desfrutar o momento. Podem ser caminhadas, corridas, aulas de yoga, pilates, entre outros.


Por fim, autocuidado também pode significar inspiração na natureza, ou seja, se estivermos (bem) rodeados, por exemplo, por um jardim bonito e florido, inspiramos confiança e energia e isso reflete-se na nossa forma de ver/estar na vida. É importante revitalizar o corpo, mas sobretudo, a mente garantindo que temos as ideias e os pensamentos “no lugar certo”. Além disso, quando estamos sob o “olhar atento da Mãe Natureza” estamos mais confortáveis e, dessa forma, deixamos simplesmente “fluir” dando tempo e espaço para apenas “existirmos”.


Assim sendo, vamos começar a cuidar-nos e dar valor ao que realmente importa?



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page