top of page

Influência do Inverno na saúde mental

Quer se goste mais do Inverno ou se passe o ano a desejar pela chegada do Verão, o certo é que esta época traz consigo, pelo menos, duas particularidades: temperaturas (mais) baixas e menos horas de luz solar.


Estas características, embora comuns e aparentemente inócuas, podem estar na base das alterações de humor, desregulações de sono e sintomas depressivos que sentimos durante a estação. Então, a desmotivação quase súbita a que um dia nublado nos remete, pode ser mais generalizada do que pensamos: os sentimentos de tristeza, desânimo, maior isolamento social, falta de apetite, fraqueza e irritabilidade são exemplo do impacto que o inverno tem na saúde mental. Além deles, outros problemas prévios, como os transtornos de ansiedade e bulimia, por exemplo, também têm tendência a piorar nesta altura do ano.

Importa notar que os sintomas da chamada depressão sazonal são os mesmos que os da depressão comum. Assim sendo, o tratamento decorre de forma semelhante.


A prática de exercício físico, que estimula a produção de serotonina; e uma boa alimentação – rica em frutas, verduras e legumes; podem ser uma importante ajuda. Também um maior aproveitamento da luz solar (com a devida proteção contra raios uv), a manutenção de uma rotina de sono, a prática da gratidão e a promoção da socialização são passos a dar no sentido de uma melhor gestão de emoções.

É ainda recomendável a procura de terapia e orientação profissional, já que são cruciais para promover o equilíbrio emocional.


Vemo-nos no próximo nível?


Beatriz Bernardo



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page