• Sabrina Coelho

Onde mora a resiliência e a Teoria do Bambu

Sinceramente, não sei bem onde ela mora, principalmente nos últimos tempos e com a atualização constante dos noticiários. Mas sei bem onde ela nasceu…


Acho justo começar contando uma anedota que vivia nos diálogos entre minha mãe e eu, quando eu estava disposta a questionar o mundo e alguns "porquês" (com acento, sem acento, junto ou separado) que não cabiam a minha idade ou a minha capacidade de resolução de problemas, ou dilemas.


Ela adorava me comparar com um bambu. Olhava para mim e dizia que eu era resistente e tinha raízes fortes, passavam ventos, tempestades, algumas podas e eu permanecia crescendo. Ouvi dizer que mãe também é psicóloga. Talvez. Mas o que tenho mesmo certeza, é de que: Se eu não era um bambu, virei um. O poder das palavras!




E as palavras da minha digníssima provedora e mentora, ecoaram pela vida inteira e hoje, quando penso que o bambu partiu-se, lá estou eu, revivendo diálogos de um domingo ao fim da tarde, entre duas gerações de mulheres completamente diferentes.


Foi aí que nasceu a Teoria do Bambu.


O Bambu pertence à subfamília Bambusoideae,da família das gramíneas… brincadeira! Não vou te massacrar com Latim e nomes científicos. Fico pelo Carpe Diem.


Mas depois de algumas pesquisas, com base na profissão bióloga da minha mãe, encontrei algumas características dessa planta tão comum e percebi que realmente, eu poderia seguir a minha vida com base nesta analogia materna.


A Teoria do Bambu foi a forma, ou fórmula, que desenvolvi para me reencontrar e me motivar, todas as vezes que acho que fui podada ou que perdi minhas raízes e características. Vamos a isso!


1. Adaptação a vários solos e ambientes diferentes: O Bambu nasce em praticamente todo o mundo, menos na Europa, onde um dia já esteve presente. Eu não nasci em Portugal, mas desenvolver a capacidade de adaptação em “climas e solos” diferentes dos meus, trouxeram grandes oportunidades e crescimento pessoal. ADAPTAÇÃO


2. O Bambu é uma das plantas com o crescimento mais rápido do mundo. Chegando a crescer 1m por dia, no caso de algumas espécies. Mas é um crescimento estruturado! Não há lição mais clara, Step-by-Step. Um degrau de cada vez, sem me esquecer daquilo que sou e para onde vou. CRESCIMENTO.


3. Os colmos, ou caules, influenciam diretamente na resistência do Bambu. Cortados no tempo correto de amadurecimento, permite que a planta se desenvolva com todo o potencial da sua resistência. PACIÊNCIA


4. O consumo de carbono dos Bambus é altíssimo, colaborando para a fotossíntese de forma muito assertiva e eficiente. Filtrar o que é preciso e transportar para fora apenas o que vale a pena, tornando o ambiente à minha volta mais saudável e positivo. SAÚDE EMOCIONAL E GESTÃO DE STRESS.


5. Possui um aspecto suave e delicado, apesar de não ser a planta mais bonita, externamente falando. “O essencial é invisível aos olhos!” Exupéry

SIMPLICIDADE E BELEZA INTERIOR


6. Assustadoramente resistente, o bambu é usado na construção civil para edifícios resistentes a terremotos e abalos e a sua fibra é tão homogênea e pesada que não amassa! Resiste a pressão de tal forma que chega a ser comparado ao concreto e a nível de tração é comparado ao aço. ( Um engenheiro que te explique isso!) Só sei que aqui entendi tudo: RESILIÊNCIA.


E daqui, não saímos se eu for me entregar às analogias. A fórmula é simples:


Tenho capacidade de adaptação? Como melhorar? O mundo é fluído.

Como estou respeitando o meu ritmo e o meu crescimento pessoal?

Tudo tem seu tempo. Sou capaz de esperar pelos meus momentos sem me massacrar?

Estou cuidando bem da minha saúde emocional e gerindo bem os meus stress diários? o que posso melhorar?

Minha beleza é exterior ou interior? O que é simplicidade para mim?


Teoria do Bambu = Experiências da minha vida + minhas raízes - O que não está tão bom assim!


Fácil? Não. Impossível? Também não.

Eu não sou o que me fizeram, sou aquilo que escolhi ser diante da vida. E, crescer… é isso que os bambus fazem. Crescem!







0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Solo 1.png

Comunidade de Sonhadores Praticantes.

A mudança não se faz sozinha. Nós ajudamos.

  • Facebook Solo Adventures
  • Instagram Solo Adventures
  • LinkedIn Solo Adventures
  • YouTube Solo Adventures
  • Pinterest Solo Adventures
  • Spotify Solo Adventures